Scott CR1 2016: melhor custo-benefício em carbono do mercado

Aos apaixonados por bikes de estrada: a nova linha CR1 2016 da Scott já tem data para chegar ao Brasil. Com objetivo de oferecer uma bicicleta de estrada de carbono com preço acessível para o ciclista, as bikes mais tradicionais da marca suíça estarão na Brasil Cycle Fair 2015.

Os modelos que estarão disponíveis aos brasileiros serão CR1 10, CR1 20 e CR1 30. A diferença entre eles é grupo de componentes, sendo o Shimano Ultegra (22 velocidades) na CR1 10, Shimano 105 Black (22 velocidades) na CR1 20, e Shimano Sora (18 velocidades) na CR1 30. As bikes serão disponibilizadas com valores a partir de R$ 8 mil.

CR1 20 - Alta
Scott CR1 20

A combinação que tem sido um sucesso dos últimos anos – tecnologia Carbono IMP e S-Bend Construction – segue como um dos principais diferenciais da nova linha CR1. Veja por que:

Carbono IMP
Assunto em que a Scott é pioneira. A marca foi uma das primeiras a utilizar fibras de carbono na construção de quadros para bicicleta. Desde então, a cada ano os engenheiros buscam aprimorar o desenvolvimento do material para que ele se torne cada vez mais resistente, leve e com maior durabilidade.

Na linha CR1, ela está disponível com valores mais acessíveis. Ou seja, a oportunidade de ter uma bicicleta que proporciona conforto e melhora a performance com um dos melhores custo-benefício do mercado.

S-Bend Construction
Cada tubo da parte traseira do quadro é projetado especialmente para absorver a entrada vertical de ar sem comprometer a rigidez dela. Essa nova construção desenvolvida exclusivamente pela Scott proporciona a deformação controlada do triângulo traseiro da bicicleta. Na prática, maior controle para quem está pedalando.

Scott CR1 10
Scott CR1 10

Lançamento oficial
No Brasil, a apresentação ao público será na Brasil Cycle Fair 2015, que acontece de 27 a 30 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo-SP.

Comunicação IGP Sports

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *