Cinco cidades brasileiras que você precisa colocar sua bike pra rodar

Por Rodrigo Altafini

A ilha de Maui, no Havaí, está entre os cenários mais incríveis com paisagens sensacionais como Makaau, um parque com altas trilhas, e o vulcão Haleakala. Mas e dentro do Brasil, quais são os melhores lugares para praticar o mountain bike?

Com quase 20 anos de experiência em competições ao redor do mundo, quero destacar as minhas trilhas favoritas no Brasil. Elas são perfeitas, pois combinam a maravilha que é pedalar com a chance de curtir a natureza. Veja só:

1- Ilhabela (SP) – vale muito a pena. Lá tem muitas trilhas, mas uma das minhas favoritas é a Estrada de Castelhanos. Com cerca de 22 km, ela corta a Ilhabela de Oeste a Leste. A paisagem fantástica e a cidade é um ótimo lugar para pedalar.

Ilhabela-SP, praia do litoral paulista
Ilhabela-SP, praia do litoral paulista

2- Mangaratiba (RJ) – É bonita demais. Com distâncias menores e um nível não tão alto, os trajetos são excelentes para iniciantes. Quando estiver lá, recomendo o Porto Belo Resort, que é onde são realizadas as etapas do Xterra. Nas épocas de prova, com uma boa conversa com o pessoal do hotel, você pode pedalar nas trilhas da competição.

Cachoeira na Serra do Piloto, em Mangaratiba
Cachoeira na Serra do Piloto, em Mangaratiba

3- Juiz de Fora (MG) – As trilhas e provas de mountain bike são muito boas. Ótimas referências para o MTB, elas valem muito a pena pelo belíssimo visual. Trilha do Aroeira, Santa Bárbara do Monte Verde, Corte da Pedra, etc. São muitas opções que de tirar o fôlego (de um jeito bom). Outras bem legais que recomendo são Aroeira, Pepsi, Cherry Coke, Canalettas, Cachoeira da Jamaica, Perdidos, Montanha sem Fim, Riacho e Escondido.

Bela vista do Parque da Lajinha, em Juiz de Fora
Bela vista do Parque da Lajinha, em Juiz de Fora

4- Paraty (RJ) – Tem para todos os gostos, desde as simples até os desafios mais duros e que exijam grade técnica dos ciclistas. Se gosta de cachoeiras, não dá pra perder a sequência da estrada Paraty-Cunha com o Poço dos Ingleses, a Cachoeira da Pedra Branca e o Poço da Pedra Comprida. Lá você ainda pode encontrar trechos de 20 a 30 km de estradão bem legais.

Treino de leve perto de casa
Treino de leve perto de casa

5- Itapira (SP) – Não podia faltar a minha cidade, né? Itapira já recebeu uma etapa do Xterra e tem muitas opções. Se o ciclista procura montanhas, as do Cruzeiro, Serraria, Morro Pelado, Bois, Serra Negra, Roseira, Predador, Jacutinga, Pinhal são bem bacanas. E dá pra fazer todo trajeto se deslocando de bike direto da cidade. Recomendo pra todo mundo. Vale a pena conferir.

Gostou das dicas? Então, agora é hora de pegar a bike e partir para o cenário que você mais gosta. Litoral ou interior, cross triatlo é isso: cair na estrada… ou na água… ou pedalar! Aproveite!

Rodrigo Altafini

Altafini é #Scotteiro desde 2006. Hoje, competindo na Elite com uma Scale 900 SL, valoriza o conforto especialmente em provas desgastantes do XTerra as quais compete.

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *